Como identificar as melhores ações para comprar?

Quem deseja fazer especulação — ou trade — na bolsa de valores precisa saber como encontrar as melhores ações para comprar. Afinal, o objetivo é conseguir lucros em curto prazo — e nem todos os ativos podem proporcionar esse ganho.

Dessa maneira, os especuladores podem utilizar técnicas para escolher as ações que sinalizam maiores chances de viabilizar esse objetivo. Então conhecer como funciona a compra de ativos, as técnicas utilizadas e o que considerar nessa hora é essencial.

Quer saber mais? A seguir você entenderá quais são as maneiras de encontrar as melhores ações para comprar durante seus trades, de acordo com suas características enquanto especulador.

Acompanhe!

Como funciona a compra de ações na bolsa?

Antes de entender sobre técnicas e análises, é preciso compreender como funciona a compra de ações para especulação. Nesse contexto, a bolsa de valores é o ambiente que viabiliza ativos para negociação.

Para tanto, as empresas passam pelo procedimento da oferta pública inicial, ou IPO na sigla em inglês. A partir dele, elas abrem o seu capital para investidores interessados em adquirir as ações listadas na bolsa.

Os acionistas — investidores que detêm as ações — tornam-se sócios da empresa, passando a ter direito à divisão de lucro. Além disso, eles passam a acompanhar oscilações de preços dos ativos.

Para comprar as ações, é preciso emitir uma ordem de compra. A venda é feita da mesma forma, emitindo uma ordem de venda. Contudo, como as negociações são feitas entre investidores, é preciso que haja pessoas interessadas na compra ou na venda dos ativos.

Os movimentos de alta e queda nas cotações acontecem pela influência da oferta e demanda. Portanto, os preços oscilam livremente, conforme o volume de negociações, sentimentos dos investidores e demanda pelo ativo.

É nesse contexto que o especulador se aproveita dos movimentos para buscar obter ganhos. Nesse caso, a meta não é se manter sócio da companhia, mas operar com as oscilações de preço para lucrar na diferença. Por exemplo, vendendo uma ação por preço mais alto do que o de compra.

Quando se fala em especulação, as negociações ocorrem, normalmente, em curto e curtíssimo prazo. Dessa forma, o day trade é caracterizado quando a compra e a venda do ativo ou derivativo ocorrem dentro de um mesmo pregão — ou seja, no mesmo dia. Já o swing trade pode durar de dias até algumas semanas.

O que avaliar antes de operar na bolsa de valores?

Você entendeu como funciona a compra de ações na bolsa de valores e o que significa a especulação. Agora é preciso conhecer o que é preciso avaliar para escolher as melhores ações para comprar ou vender no mercado.

Os objetivos e o perfil de investidor são pontos importantes para a definição. De modo geral, os especuladores ou traders têm metas financeiras de curto ou curtíssimo prazo. O intuito, como você viu, é obter renda para aumentar o capital em pouco tempo.

O objetivo se difere das metas dos investidores — que deseja, por exemplo, fazer aportes para aposentadoria ou alcançar outros objetivos mais longos. Por isso, sempre defina o que você deseja alcançar com os investimentos ou com a especulação.

Já o perfil de investidor se relaciona à resistência aos riscos atrelados aos investimentos e operações. Assim, os traders costumam ter um perfil arrojado — com mais apetite ao risco na busca por potencializar os ganhos.

Investidores conservadores ou moderados podem não ter uma tolerância aos riscos suficiente para a especulação. Afinal, tanto o day trade quanto o swing trade são estratégias de alto risco e que podem trazer prejuízos.

Isso acontece porque as oscilações em curto prazo são mais difíceis de prever e contornar. Por outro lado, quando se investe em longo prazo, esses movimentos ficam diluídos e tendem a ter impactos menores no patrimônio do investidor.

Como escolher as melhores ações para comprar?

Agora que você já sabe o que avaliar antes de comprar — ou vender — ativos na bolsa visando a especulação, é preciso aprender a identificar como escolher as melhores ações para fazer seus trades.

Primeiramente, vale saber que a especulação não é uma aposta, pois é baseada em análises e estudos. Apesar de nenhuma análise ser a prova de erros, montar uma estratégia permite manejar melhor os riscos.

Confira a seguir como realizar essa análise antes de operar!

Análise técnica

A análise técnica é uma forma de avaliar as ações de acordo com características do preço do ativo. Desse modo, ela não busca se concentrar nas empresas emissoras ou estudos econômicos e setoriais.

A ideia é avaliar como a cotação se comportou nos últimos tempos, o volume de negociação no período e outros indicadores pontuais. Assim, o especulador pode tentar traçar expectativas para o comportamento futuro em curto prazo a partir das tendências.

A análise técnica é baseada em diversas teorias e estudos. Ela é bastante difundida entre os operadores que buscam os ganhos com a especulação, mas é fundamental estudar sobre o tema e se preparar para colocar seu aprendizado em prática.

Indicadores e padrões gráficos

Na análise técnica é comum utilizar os indicadores e os padrões gráficos. Eles são uma maneira de visualizar o histórico de preços das ações e são a fonte de informação mais usual entre os especuladores.

Você deve conhecer, por exemplo, os conceitos de suporte e resistência. Eles são zonas de preços que servem como barreiras da cotação, tanto para cima quanto para baixo.

Então um suporte indica a zona em que se configura uma barreira para a queda da cotação. Assim, perto do suporte, o preço tende a não cair. Já a resistência atua na outra ponta, mostrando um limite da cotação máxima do ativo, em que ele tende a não ultrapassar.

No entanto, essas linhas podem ser superadas em momentos de grande força no volume de oferta ou demanda. Por isso, eles oferecem oportunidades aos especuladores de se aproveitar dos movimentos do mercado — seja para vender ou comprar as melhores ações no curto prazo.

Como a análise técnica e os padrões gráficos são bastante amplos, é fundamental que o operador se prepare a partir da realização de cursos.

Com ele você poderá construir seu conhecimento sobre análise técnica, compra e trading de ações. Assim, conhecerá conceitos e saberá como funcionam os gráficos, como utilizar o stop loss, gain, móvel e outras técnicas que podem ser úteis para fazer operações mais acertadas no mercado.

Entendeu como identificar as melhores ações para comprar visando o curto prazo? Como você viu, esse assunto requer bastante estudo e uma análise aprofundada. Dessa maneira, é possível diminuir os riscos e determinar ativos que fazem mais sentido para a sua estratégia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.