Como investir dinheiro com mais segurança? 5 Dicas práticas!

Saber como investir dinheiro com mais segurança é um ponto fundamental ao analisar as opções disponíveis no mercado financeiro. Afinal, ninguém deseja ver seu patrimônio ser reduzido devido a uma má escolha, certo?

Nesse sentido, é possível adotar diversos mecanismos para se proteger. Por exemplo, alocar parte dos seus recursos em aplicações de menor risco, diversificar seu portfólio ou, ainda, contar com o auxílio de um profissional experiente no mercado.

Ficou interessado no assunto? Saiba mais sobre o tema e descubra como investir dinheiro com mais segurança por meio de 5 dicas práticas!

O que significa investir com segurança?

Para começar é importante entender o que significa buscar segurança no momento de investir. Existem diversos fatores que impactam as escolhas de um investidor — e o risco de investimento um dos principais.

O risco, no âmbito dos investimentos, pode ser compreendido como a incerteza em relação à rentabilidade de uma aplicação ou ativo. Assim, quanto maior for a incerteza sobre o retorno de um investimento, mais alto será o seu risco. E, quanto mais arriscado ele for, menos seguro ele será.

Nesse sentido, as alternativas de renda variável — como as ações, por exemplo —, são consideradas de maior risco, devido à sua volatilidade.

A renda fixa é mais segura — mas também possui riscos. Por exemplo, pode acontecer de a empresa emissora do título escolhido pelo investidor não cumprir com o pagamento. As chances de isso ocorrer dependem da robustez e saúde financeira do emissor — como um banco ou empresa privada.

Outro fator que impacta na segurança dos investimentos são as instituições que atuam para dar mais proteção ao investidor, como é o caso do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Em certas aplicações de renda fixa, ele garante o ressarcimento em caso de falência da instituição financeira.

Por exemplo, o certificado de depósito bancário (CDB) está sob a garantia do FGC. Assim, em caso de calote, ele fica responsável por devolver ao investidor até R$250 mil por CPF e instituição. Ainda há um limite global de R$ 1 milhão, que se renova a cada 4 anos.

Por fim, a percepção de segurança também pode estar relacionada à forma como cada investidor faz as suas escolhas. Isso porque existem técnicas e estratégias que permitem gerenciar melhor os riscos, como você acompanhará mais adiante.

Quais são as alternativas consideradas mais seguras?

Como você viu, não existe investimento completamente seguro, já que nenhum está isento de riscos. Porém, há alternativas com características que as tornam menos arriscadas que outras. Logo, chamam atenção de quem busca saber como investir dinheiro com segurança.

Veja quais são:

Títulos do Tesouro Direto

Esses são títulos públicos emitidos pelo Governo como uma forma de captar recursos para financiar suas operações. Assim, quando alguém investe no Tesouro Selic, Tesouro Prefixado ou Tesouro IPCA, está emprestando dinheiro ao Tesouro Nacional, considerado o emissor mais seguro do país.

Certificado de depósito bancário (CDB)

Os certificados de depósito bancário (CDBs) são títulos emitidos por instituições financeiras. Por meio deles, os bancos captam recursos para realizar suas operações rotineiras. Como você já sabe, o CDB conta com uma segurança a mais: o FGC.

Letras de crédito imobiliário e de agronegócio (LCI e LCA)

As letras de crédito imobiliário e do agronegócio (LCI e LCA) também são títulos de dívida. Porém, eles são lastreados em setores específicos. Seu funcionamento é semelhante às demais aplicações de renda fixa — e a LCI e a LCA também são cobertas pelo FGC.


 

Como aumentar a segurança no investimento ou especulação?

Até aqui você conheceu investimentos mais seguros na renda fixa. Mas também é possível buscar segurança ao investir em alternativas de maior risco. E, inclusive, na especulação — que envolve enfrentar a volatilidade da renda variável para buscar lucro no curto prazo.

Assim, para investir ou operar com mais segurança você pode utilizar técnicas desenvolvidas para essa finalidade. Confira!

Diversificação de investimentos

A diversificação é uma estratégia que visa alocar os recursos em investimentos de diferentes setores, tipos e níveis de risco. A ideia é montar uma carteira com ativos variados e descorrelacionados. Dessa forma, pode-se diluir os riscos.

Análise fundamentalista

A análise fundamentalista é uma metodologia de avaliação de ações e outros investimentos de renda variável. Ela é focada na qualidade do negócio e permite decidir com mais segurança onde investir para o longo prazo.

Análise técnica

A análise técnica é uma metodologia usada por especuladores para avaliar o comportamento do preço dos ativos e derivativos e encontrar oportunidades no curto prazo. Para tanto, existem gráficos e indicadores para analisar as tendências.

Stop loss

Em tradução livre, stop loss significa “interromper ou parar a perda”. Ele é uma espécie de ordem automática de fechamento de posição quando um determinado ativo atinge um limite de perda pré-definido pelo especulador.

Como investir dinheiro com mais segurança? 5 Dicas práticas!

Se você ainda tem dúvidas sobre como investir seu dinheiro com mais segurança, confira 5 dicas que ajudam nas suas estratégias para proteger investimentos!

1. Descubra o seu perfil de investidor

O perfil de investidor é uma classificação que indica seu nível de tolerância aos riscos com base em suas características e preferências. Portanto, ele é capaz de apontar se você deve ou não colocar seu dinheiro em opções de investimentos menos seguras.

2. Tenha um planejamento bem definido

Outro fator importante para a sua segurança é o planejamento financeiro. Isso porque, sem ele, você dificilmente conseguirá delimitar os caminhos a seguir para alcançar os seus objetivos. Assim, é possível que faça escolhas ruins ao investir.


 

3. Conte com a ajuda de um profissional

Para investir seu dinheiro com mais segurança, é importante contar com o auxílio de um profissional experiente no mercado, como os assessores de investimento. Eles poderão orientá-lo sobre o mercado financeiro e tirar suas dúvidas. Logo, você pode se sentir mais seguro para fazer suas escolhas.

4. Invista por meio de instituições devidamente certificadas

Como você viu, existem diversas instituições que ajudam a proteger as operações no mercado financeiro. Um exemplo é a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Por conta disso, é preciso buscar corretoras de investimentos autorizadas pela CVM.

5. Aprenda sobre o mercado em que pretende investir

Por fim, mais uma dica importante para você saber como investir com mais segurança é aprender sobre o mercado do qual pretende participar. Dessa forma, será mais fácil tomar decisões embasadas e muito mais consistentes.

Neste artigo, você viu 5 dicas práticas de como investir seu dinheiro com mais segurança, além de técnicas que ajudam a proteger os seus investimentos ou operações. Não deixe de considerá-los durante a sua jornada no mercado de investimentos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.