Qual melhor tipo de empréstimo?

Existem diversas opções de empréstimo e cada uma delas possui suas particularidades.

Contratar uma linha de crédito é uma alternativa para quem está precisando de dinheiro com urgência. Mas antes de fechar negócio é preciso entender quais são as linhas de crédito disponíveis e como cada uma funciona.

Nesse post vamos falar sobre as modalidades de crédito mais comuns.

Linhas de crédito

Empréstimo Pessoal

Nessa modalidade todo o processo é feito diretamente entre cliente e a instituição financeira. Dessa forma, os bancos ficam livres para estabelecer as condições, como prazo para pagamento, taxa de juros e o valor do empréstimo.

São poucas etapas até a aprovação do empréstimo, que incluem a simulação, negociação de condições, apresentação de documentos e análise de crédito.

O empréstimo pessoal pode ser solicitado presencialmente nos bancos ou de forma online.

Empréstimo consignado

Essa é uma das linhas de crédito que conta com as menores taxas de juros. Isso acontece porque ela leva pouco risco às instituições financeiras.

No empréstimo consignado, o tomador tem as parcelas debitadas diretamente do seu contracheque ou do seu benefício do INSS.

Esse tipo de crédito pode ser solicitado por trabalhadores da iniciativa privada com carteira assinada, servidores públicos, militares, aposentados e pensionistas.

Empréstimo com garantia

Assim como na modalidade anterior, o empréstimo com garantia possui taxas de juros menores. Nesse caso o cliente oferece um bem como garantia de pagamento das parcelas.

Esse tipo de contrato oferece mais segurança aos bancos, que podem tomar o bem em caso de inadimplência.

O consumidor pode oferecer um imóvel, automóvel, joia ou até mesmo celular como garantia. Mas cada um destes bens possui suas particularidades em relação às condições do empréstimo.

Cheque especial ou LIS

Muita gente possui o cheque especial, mas nem sabe. Esse é um valor pré-aprovado, que fica disponível na conta corrente do cliente.

Esse limite pode ser utilizado quando o cliente gasta mais do que tem no seu saldo. O valor utilizado a mais fica como negativo e quanto mais é gasto, maior a taxa de juros cobrada.

Financiamento de imóvel ou automóvel

O financiamento pode ser considerado um empréstimo, uma vez que as instituições financeiras emprestam o dinheiro para que o cliente compre um imóvel ou automóvel.

Depois o comprador devolve o valor ao banco através de parcelas.

Como escolher o melhor tipo de empréstimo?

O primeiro passo é identificar qual deles você pode solicitar. Afinal de contas existem alguns requisitos para solicitar cada um deles. Por exemplo: o empréstimo consignado não pode ser pedido por um autônomo.

Analise todas as condições impostas, como o prazo de pagamento, os juros e o Custo Efetivo Total (CET).

É importante também conferir se a instituição financeira escolhida está regularizada no Banco Central e a sua reputação.

Quer saber mais sobre empréstimos? Acesse o nosso blog e leia mais conteúdos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.